Gostou, curte aê

domingo, 1 de agosto de 2010

Poema

A Soldier's Diary

Sera que era um sonho e me deixaram acordar?
Me deixaram abrir os olhos no meio de uma guerra nuclear
Um bomba explodiu me fazendo acordar
Assustado eu fiquei e comecei a lacrimejar
eu estava sobre meu fuzil prestes a desmoronar
mas chorar eu não devo,pois no meio da guerra estou
mesmo que caia vários ao meu lado,eu não cairei.
Seguirei em frente como um bom guerreiro com seu cajado
um soldado caminhando com calma pelas laterais do alambrado
pois em qualquer deslize,pode simplesmente ser derrubado
Logo pensei,o que estou fazendo aqui,
e porque me acordaram e não me deixaram dormir?
Mas voltando a realidade tomei um tiro de raspão
acho que não perdi nada,ou perdi meu coração!?!?!
Tanto faz se o perdi,pois na guerra não usarei
e nesse lugar medonho a bondade não tem vez
E quando a guerra tiver fim flores surgirão
cantaremos grandes musicas e belos refrões
abandonando assim os fuzis e também os canhões

(By : Jeff Silva)